Nota sobre a 2ª edição do festival no Segundo Caderno – OGlobo