Debates

Em 2016, o LivMundi se propôs a discutir o papel do indivíduo dentro do tema da sustentabilidade. Permeando as discussões sobre economia colaborativa, inovação e empreendedorismo, economia circular, educação, cidades e alimentação, nosso principal questionamento era: o que você/a gente tem a ver com o desenvolvimento sustentável? Nosso principal objetivo era que cada um de nós, moradores da cidade, saíssemos inspirados a fazer a nossa parte em direção a um mundo que se preocupa não só com as gerações presentes que habitam o planeta, mas também com as futuras.

Em 2018, nosso objetivo continua o mesmo. O que mudou foi a maneira de olharmos para esse indivíduo: não mais como alguém estanque e separado do outro, e sim, como um indivíduo em relação: em relação aos seus semelhantes, ao seu habitat e, principalmente, em relação a um espaço que é compartilhado, sobre o qual possuímos direitos, mas também, responsabilidades.

Do indivíduo, portanto, chegamos ao cidadão e ao que ele compartilha com outros: a cidade. Pensando no nosso direito à cidade e no nosso dever como cidadão, iremos discutir sobre a cidade onde convivemos; onde nos encontramos; que existe para além dela; que escolhemos; que mobiliza; que se reinventa e que sonhamos.